Afinal, o que é um curto-circuito?

Afinal, o que é um curto-circuito?

13 de Abril de 2015

É comum ouvirmos notícias de grandes acidentes, envolvendo incêndios e outros problemas, que foram causados por curtos-circuitos. Mas afinal, o que gera o curto circuito? Pode-se afirmar que o “curto” ocorre porque a corrente elétrica que sai do gerador percorre todo o circuito e volta com a intensidade muito elevada.

É comum ver um curto-circuito quando dois cabos de alta tensão dos postes elétricos das ruas se tocam, ou quando se coloca um metal na tomada. Isso ocorre porque a reação provocada é muito violenta. Nessas reações ocorrem explosões, dissipação de calor, e produção de faíscas.

Como evitar o curto-circuito?

Pode-se colocar fusíveis ou disjuntores nos locais onde passa corrente elétrica. Os disjuntores funcionam como um interruptor automático, pois quando detectam falha na corrente elétrica automaticamente são desligados, deixando assim o circuito aberto.

Além disso, é importante nunca exagerar no uso de “T” e extensões. Isso pode ocasionar sobrecarga na corrente elétrica e causar sérios acidentes na sua casa.

 

 

A importância do aterramento nas instalações

A importância do aterramento nas instalações

10 de Março de 2015

O aterramento pode ser definido como um sistema utilizado para evitar desequilíbrios na tensão elétrica de uma instalação qualquer, eliminar fugas de energia desbalanceando as fases na rede externa (fornecimento) e prevenir contra choque elétrico através do contato humano com a carcaça (parte metálica) de equipamentos com falha no isolamento. O condutor de proteção é identificado pelas cores verde e amarela ou simplesmente verde, segundo padrão especificado na NBR 5410 (norma técnica da ABNT).

O principal objetivo do aterramento é proteger as pessoas e o patrimônio de falhas (curto-circuitos) na instalação. Simplificando, se uma das três fases de um sistema não aterrado entrar em contato com a terra, intencionalmente ou não, nada acontece. Nenhum disjuntor desliga o circuito, nenhum equipamento para de funcionar.

O segundo objetivo de um sistema de aterramento é oferecer um caminho seguro, controlado e de baixa impedância em direção à terra para as correntes induzidas por descargas atmosféricas (raios).

Os equipamentos ou componentes elétricos utilizados em uma instalação elétrica não devem dar choques elétricos. Se isso acontece é porque provavelmente há um defeito. Se o defeito está na isolação de um aparelho ou de um equipamento, então eles devem ser consertados imediatamente.

Queima constante de lâmpadas? Saiba o que fazer

03 de Março de 2015

Vários problemas podem ocasionar a queima das lâmpadas. A primeira coisa que devemos observar é se o mesmo problema acontece nas casas vizinhas. Caso aconteça, o problema pode estar na rede elétrica, e o correto a se fazer é acionar a concessionária de energia. Caso o problema esteja somente em sua residência, a queima pode ter as seguintes causas:

(mais…)

Aprenda a escolher o tipo e a cor das luzes para a sua decoração

20 de Fevereiro de 2015

Decorar um ambiente exige cuidados com diversos aspectos. Um dos mais importantes é a iluminação. O tipo e a cor da luz influenciam bastante para o resultado eficaz da proposta do projeto de decoração.

Devemos escolher se preferimos luzes incadescentes, fluorescentes, de LED, entre outras diversas possibilidades. Cada tipo de luz tem seus próprios benefícios e graus de calor diferentes, que devem se adequar ao que queremos para nossa casa.

(mais…)

Valorize sua casa com a iluminação correta

10 de Fevereiro de 2015

A iluminação de um ambiente pode ser responsável pela primeira impressão que se tem dele. A sensação de conforto visual é proporcionada de forma eficaz quando se usa a iluminação adequada.

Apenas com as luzes, o mesmo ambiente pode ganhar um ar romântico, sofisticado ou alegre. Entretanto, um local mal iluminado pode se tornar frio e sem charme algum.

(mais…)