Lâmpadas incandescentes não são mais produzidas no Brasil

10 de Fevereiro de 2016

Passando a serem conhecidas como vampiras de energia, as lâmpadas incandescentes deixaram de ser produzidas no Brasil. Comparadas às lâmpadas fluorescentes e as novas lâmpadas de LED, há uma grande diferença na economia de energia. As incandescentes, além de consumirem muito mais, iluminam muito menos.

A medida foi gradativa, devido a um decreto do Governo Federal que proíbe a fabricação das lâmpadas. As de 150 watts deixaram de ser fabricadas a partir de 2012. As de 100 watts deixaram de ser fabricadas em 2013, a de 60 watts em 2014, até que este ano, 2016, não se fabriquem mais no Brasil lâmpadas incandescentes.

Os consumidores que preferem a lâmpada incandescente por causa da luz amarelada podem substituir a lâmpada de LED amarela, que tem a iluminação da mesma cor da incandescente.