sv-elétrica---publicação-12-04

Como utilizar lâmpadas de LED na Iluminação Indireta?

13 de Junho de 2019

Como utilizar lâmpadas de LED na Iluminação Indireta? 

Quando exploramos a luminosidade por completo valorizamos o ambiente, ela dá vitalidade ao conceito decorativo de qualquer espaço. Por isso o projeto luminotécnico deve ser bem construído para evidenciar a decoração e a arquitetura. O processo de decorar envolve diversos fatores que devem ser bem trabalhados para criar um local aconchegante, bonito e claro, com uma iluminação feita corretamente.

Antes de estabelecer os detalhes do projeto elétrico do imóvel é necessário compreender as diferenças entre iluminação direta e indireta e como cada uma delas funciona e influencia na decoração.

 

ILUMINAÇÃO: DIRETA OU INDIRETA?

A iluminação direta joga luz diretamente sobre uma superfície. Por isso, ela é recomendada para atividades em que há uma maior necessidade de foco, visibilidade e concentração, como por exemplo, um ambiente de leitura, na mesa do trabalho ou iluminar algum objeto destacado.

Já a iluminação indireta, como o próprio termo indica, é uma iluminação que não brilha diretamente no seu objeto, diferente da iluminação direta. A luz incide sobre um objeto e é refletida por ele e atinge o local que se deseja iluminar. Essa iluminação tem uma forma suave e difusa, mas ao mesmo tempo uniforme, garantindo assim um maior conforto visual. O efeito de iluminação indireta pode ser alcançado com diversos tipos de itens, e uma boa alternativa é o uso das lâmpadas de LED.

 

A UTILIZAÇÃO DAS LÂMPADAS DE LED NA ILUMINAÇÃO INDIRETA

Você já ouviu falar que as lâmpadas de LED são bem melhores do que as lâmpadas incandescentes ou fluorescentes? Isso não deixa de ser verdade, pois esse tipo de lâmpada tem diversos benefícios, como a maior durabilidade, baixo consumo energético, resistência, não emissão de calor e eficiência. Elas unem funcionalidade e estética e podem ser utilizadas em diversas formas e em qualquer ambiente. Um dos exemplos mais comuns é a fita de LED, que mescla sustentabilidade, longa duração e economia de energia.

As LEDs aplicam-se melhor na iluminação indireta de salas, quartos, corredores e salas de jantar, como por exemplo, nas bancadas, paredes da pia ou espelho de banheiros. Já em quartos e salas, o LED pode compor sancas de gesso, o chão, cortineiros, cabeceiras de cama, assim como colunas, abajures e luminárias. Utilizar as lâmpadas LED na iluminação indireta é uma ótima opção para que o espaço tenha uma luminosidade agradável, aliando economia e praticidade.